Viracopos tem evolução de 13% e é eleito 2º melhor aeroporto do país em pesquisa do governo

O aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), foi eleito o segundo melhor aeroporto do país no último trimestre de 2017, de acordo com uma pesquisa de satisfação de passageiros realizada pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil. O terminal ficou com média de 4,76 – em uma escala que vai de 1 a 5 – e registrou uma evolução de 13% em comparação com o mesmo período de 2016, quando ficou com 4,21.

Dos itens pesquisados, Viracopos alcançou notas superiores a 4, em 32. A estrutura de Campinas teve as melhores avaliações nos indicadores de sensação de segurança nas áreas públicas (4,91) e tempo de fila na emigração e facilidade de embarque /desembarque (4,88). Já a pior avaliação foi na categoria custo-benefício dos produtos alimentícios (3,02).

Além disso, Viracopos conseguiu uma evolução de 65,5% na qualidade da internet e 36% na disponibilidade de bancos, caixas eletrônicos e casas de câmbio.

O governo federal faz a pesquisa de 38 itens com os passageiros. Entre eles, estão perguntas sobre infraestrutura, atendimento, serviços, itens de gestão, além da satisfação geral. Até o terceiro trimestre do ano passado, eram avaliados 15 aeroportos do Brasil. Já no último trimestre de 2017, o Ministério dos Transportes aumentou o corte para outros cinco terminais: Maceió (AL), Goiânia (GO), Vitória (ES), Belém (PA) e Florianópolis (SC).

Ainda de acordo com o Ministério dos Transportes, o melhor aeroporto nos últimos três meses de 2017, segundo os passageiros, foi o de Curitiba, com média de 4,77, enquanto o terminal de Florianópolis foi o pior avaliado, com 3,51.

 

Impasse

 

Viracopos segue em um impasse para saber se vai seguir o processo de devolução da concessão para o governo federal, anunciado em julho, ou se vai receber investimento de um grupo estrangeiro para comprar o aeroporto.

De acordo com o governo federal, o texto do decreto de regulamentação da lei 13.448/2017, que vai definir as regras de relicitação de concessões no transporte do país, está pronto e aguarda assinatura do ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Lessa (PR), para ser publicado.

Fonte: G1

Serviços